28 janeiro 2010

Lula apela para evitar execução de brasileiro na Indonésia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva apelou, na quarta-feira, para que o governo da Indonésia não cumpra a pena de morte à qual foi condenado o brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, 46 anos. "Peço licença para tratar de um assunto de interesse humanitário. (...) Conto com a sua generosidade para que o assunto não crie uma reação na opinião pública brasileira que teria, possivelmente, efeitos no nosso relacionamento, que tanto queremos estreitar", afirmou Lula em carta enviada ao presidente da Indonésia, Susilo Bambang Yudhoyono. A informação é da Folha de S.Paulo.

O caso foi classificado pelo presidente brasileiro de "especialmente urgente" na carta, que ressalta a boa relação entre os dois países. Moreira, preso ao tentar entrar na Indonésia com 13,4 kg de cocaína, havia pedido uma nova intervenção de Lula. A lei do país permite que o condenado tenha direito a dois pedidos de clemência, sendo que o primeiro para Moreira já foi negado em 2006.

Fonte: Terra


Observação: Típico argumento da atual diplomacia brasileira, adepta do multilateralismo.

Brasil Colônia por Boris Fausto

video

Este é o primeiro de uma série de documentários sobre a história do Brasil, narrados pelo historiador Bóris Fausto. Os arquivos estão disponíveis no site Domínio Público do Governo Federal.